O número de pessoas com inflamações e outras lesões ocasionadas por esforços repetitivos relacionados ao uso de computadores vem diminuindo e tendem a diminuir com o passar dos anos.

Isso porque, depois da constatação de que a falta de cuidados com a ergonomia gera danos à saúde do funcionário, queda na produtividade e prejuízos com afastamentos, surgiram novas alternativas de equipamentos ergonômicos para escritórios – além de maior investimento em análise ergonômica nos ambientes de trabalho.

Mesmo assim, muitas empresas ainda mantém condições inadequadas e que contribuem para o surgimento de doenças relacionadas à LER (Lesão por Esforço Repetitivo).

Portanto, aqui vão algumas dicas para quem trabalha em escritórios para evitar essas doenças:

TECLADOS E MOUSES

  • Não use mouses pequenos. Quanto menor for o mouse, maior o esforço das mãos e dos dedos.
  • Procure por mouses ergonômicos. Hoje há opções de mouses verticais com grande variedade de preços que deixam o pulso em uma posição confortável e neutra.
  • Se o seu trabalho com o computador é intenso e contínuo, faça pausas a cada hora para movimentar braços e mãos (aproveite para fazer o mesmo com pescoço e pernas).
  • Prefira cadeiras reguláveis – os pés devem estar completamente no chão ou em algum suporte específico para este fim.
  • Evite utilizar o mouse do laptop porque você acabará forçando os dedos e as mãos.

ergonomia-para-escritorios---dicas--vertice-medicina-do-trabalho-marilia

 

MONITOR

  • O monitor deve estar cerca de 60cm. Se você trabalha com laptop, utilize suportes para que fique na altura dos seus olhos, e não abaixo.
  • O monitor deve estar na altura dos seus olhos – nem acima nem abaixo.
  • Quanto à distância do computador, deixe um espaço na mesa para que você possa apoiar todo o seu braço.

DICAS GERAIS

  • Sente-se mais perto da extremidade anterior da cadeira (para que a lombar fique bem ajustada)
  • Atire a primeira pedra quem nunca falou ao telefone e continuo digitando ao mesmo tempo – deixando o telefone apoiado entre o ombro e a cabeça. Acontece que fazer isso com frequência pode gerar problemas no pescoço. Se você utiliza o telefone com frequência, prefira aqueles com fones, como utilizados pelos telemarketings. Hoje existem modelos a partir de R$100,00.
  • Entre em contato conosco e faça um orçamento para uma Avaliação Ergonômica na sua empresa – além de cuidar da saúde dos profissionais, a aplicação de ações desta natureza reduz afastamentos, aumenta a produtividade e gera muito mais motivação nas equipes.

FAÇA SEU ORÇAMENTO 

orcamento-vertice-medicina-do-trabalho-marilia