Reflexões sobre a Segurança e Saúde do trabalho

Até você terminar de ler este texto, dois ou três brasileiros terão sofrido acidentes de trabalho. Oficialmente, mais de meio milhão de acidentes acontecem todos os anos. Levando-se em conta os trabalhadores informais e os autônomos, esse número passa dos incríveis 4 milhões de acidentes a cada ano no país.

Os acidentes típicos, que envolvem quedas, choques contra objetos, cortes e fraturas, correspondem a mais de 60%, enquanto os acidentes de trajeto representam 19% e as doenças ocupacionais por volta de 5%.

E se você acha esses números surpreendentes, é bom lembrar que a fundação ligada ao Ministério da Economia especializada na pesquisa sobre questões de segurança do trabalho estima que pelo menos 17% dos acidentes no Brasil não são registrados, ou seja, não abrindo a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) esses casos não entram nas estatísticas.

POR QUE INVESTIR EM SAÚDE E SEGURANÇA?

Pelos números apresentados fica evidente que falta a muitas empresas a consciência de que é preciso investir em saúde e segurança do trabalho – e que por aqui uma parte dos empresários ainda tratam essa área como uma obrigação, e não como uma questão estratégica.

Além de cumprir com o principal objetivo que é proteger as pessoas, levar a segurança e saúde do trabalho a sério traz mais benefícios e evita prejuízos. Pra você ter uma ideia, só as contribuições das empresas a título de seguro de acidente de trabalho somam R$ 8 bilhões por ano, e as despesas com benefícios pagos pelo INSS R$ 14 bilhões. 

Confira mais benefícios de se investir em saúde e segurança:

  • Diminuição de riscos e processos: Só a empresa que já teve que arcar com custos processuais, seja por causa de multas trabalhistas ou indenizações, sabe o quanto esses gastos pesam no orçamento e podem, em alguns casos mais graves, comprometer toda a saúde financeira da empresa. Daí a necessidade de perceber a prevenção em saúde e segurança como um importante investimento, não como um custo.
  • Queda no número de faltas: Com ações de caráter preventivo e a avaliação de atestados médicos, a empresa certamente perceberá uma diminuição considerável nas faltas e nas licenças médicas.
  • Aumento da produtividade: ao incorporar ações de segurança e saúde, assim como determinam as legislações, você perceberá um ganho de produtividade em sua empresa. Isso acontece por vários fatores, como a redução das faltas e a maior organização do ambiente e dos processos produtivos – item fundamental para a segurança e que consequentemente dará um salto na produtividade da equipe.
  • Equipes motivadas: Ao implantar efetivamente os programas necessários à segurança e à saúde, sua equipe irá perceber as melhorias no ambiente e a preocupação da empresa com o bem-estar de todos. Este é um reforço muito positivo que tende a gerar maior engajamento, comprometimento e motivação por parte dos funcionários.

 

Aproveite que hoje é o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho e reflita com sua equipe sobre como anda essa política em sua empresa. E em caso de dúvidas, fale conosco.

 

Confira alguns dos principais assuntos trazidos pela Vértice em nosso site:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *