Mulheres não devem descuidar dos exames preventivos

A pandemia da Covid-19 trouxe grandes mudanças na vida de todos nós; ela mexeu com a rotina de todos e o nosso foco de atenção ficou inteiramente voltado para esse problema.

Acontece que a Covid-19 não é a única doença que afeta os brasileiros e que merece a nossa atenção. Outras enfermidades continuam fazendo vítimas, só que agora de forma muitas vezes silenciosas, já que tanto os órgãos de saúde como a população em geral está com a atenção exclusivamente voltada para a pandemia.

ATENÇÃO, MULHERES

As mulheres têm uma série de exames e procedimentos preventivos que devem ser realizados durante o ano. Isso inclui exames que previnem ou detectam precocemente doenças como câncer de mama, de colo de útero, dentre outras doenças.

E se antes da pandemia mais da metade das mulheres brasileiras já não fazia o Papanicolau, por exemplo, imagine agora quantas delas estão deixando de se cuidar.

Isso pode estar gerando um problema gravíssimo já em médio prazo, pois doenças como o câncer, se não detectados no início, terão as chances de cura reduzidas.

Portanto, entre em contato com a sua unidade de saúde do seu município ou com o seu médico para saber quais as orientações para que você volte a fazer seus exames preventivos.

Relembre os principais procedimentos básicos, mas essenciais às mulheres:

CONSULTA GINECOLÓGICA

Deve ser feita anualmente logo após a primeira menstruação, em menor prazo de acordo com a orientação médica. Essas consultas são fundamentais para acompanhar e avaliar as condições peculiares de saúde da mulher.

PAPANICOLAU

Detecta doenças, como o câncer de colo de útero, e infecções por fungos, herpes e verrugas. O primeiro exame deve após a primeira relação sexual. Depois disso, deve ser refeito anualmente ou conforme a orientação do seu médico.

MAMOGRAFIA

Avaliação das mamas pode ser feita por exames de imagem para detectar o câncer de mama precocemente. A idade para iniciar as mamografias periódicas depende de vários fatores, como os antecedentes familiares. Em geral, a partir dos 40 anos de idade – mas o seu médico é quem definirá isso conforme o seu perfil.

ULTRASSOM TRANSVAGINAL

Exame feito para avaliar a presença de cistos, endometriose e outros problemas relacionados. Deve ser refeito de acordo com a orientação do ginecologista.

DENSITOMETRIA ÓSSEA

Este exame é feito para detectar a osteoporose, que é mais comum nas mulheres devido a questões hormonais e o mesmo deverá ser indicado por orientação médica.

Lembre-se: entre em contato com a unidade de saúde mais próxima ou com o seu médico.

 

CLIQUE AQUI pelo seu celular e faça parte do nosso grupo no Telegram: artigos e dicas sobre saúde e segurança do trabalho

Vértice: a melhor clínica de Medicina do Trabalho de Marília e região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *