Novos hábitos de higiene trazem ganhos à saúde

clinica-de-medicina-do-trabalho-vertice-marilia

Além de todos os problemas de saúde pública e de ordem econômica, esta pandemia tem fomentado a mudança de comportamento dos brasileiros em todos os aspectos da vida, e uma dessas mudanças é com relação aos hábitos de higiene – uma das formas mais efetivas de prevenção ao Covid-19.

Até mesmo rotinas que eram aparentemente simples, como lavar as mãos, estão sendo reaprendidas pela população – e isso tem sido um ganho que terá efeitos tanto em curto como em longo prazo.

Inúmeras doenças transmitidas por vírus e bactérias podem ser evitadas com esses novos hábitos, como gripe (influenza), H1N1, rotavírus, hepatite A, conjuntivite, infecções intestinais (neste caso, a redução pode chegar a 40) – dentre outras enfermidades, inclusive, o Covid-19.

Portanto, aproveite este momento em que a higienização é tão indispensável e promova essa conscientização com todos em casa.

Fique atento a alguns exemplos que preparamos pra você neste Dia Mundial da Saúde e procure se informar mais a respeito desse assunto, vendo e aprendendo novos hábitos de higiene:

LAVAR AS MÃOS:

  • Frequência: não basta apenas lavar as mãos antes das refeições – e sempre que tocar em objetos de uso comum ou chegar da rua, faça uma boa higienização.
  • Forma: água corrente e sabão são excelentes. Lave bem as palmas das mãos, a parte de cima e entre os dedos, pulsos, antebraço e lembre-se de limpar também debaixo das unhas – se possível, mantê-las curtas.

CALÇADOS

Os calçados são verdadeiras transportadoras de bactérias. Portanto, ao chegar em casa deixe os calçados fora. Hoje tem muita gente deixando um armarinho vazado para deixar os calçados fora de casa.

CARRO

Imagine que você foi ao banco, ao supermercado ou à farmácia – tocou em produtos, em dinheiro ou cartão, sacolas, etc. Aí você pega as chaves do carro, segura na direção, no câmbio. Enfim, você simplesmente está trazendo bactérias e vírus para dentro do seu carro e isso poderá infectar outras pessoas que venham a utilizá-lo – a chamada contaminação cruzada.

Por isso, antes de pegar as chaves e entrar no carro, faça a higienização das mãos. Hoje praticamente todos os estabelecimentos estão fornecendo álcool em gel. O ideal é que você leve um pequeno frasco no bolso.

CELULAR

Outro depósito de bactérias são os celulares – afinal, é só imaginar o tanto de vezes que você utiliza o celular quando está na rua. Crie o hábito de higienizá-lo.

Como: tire a capinha e desconecte do carregador. Depois, passe um paninho com desengordurante – ou mesmo um pano umedecido com água morna e um pouco de sabão. Inclusive, a Apple tem recomendado o uso de álcool gel 70% para a limpeza de produtos da marca.

 

Gostou das dicas? Então se informe melhor a respeito deste assunto e leve muito mais saúde pra sua casa!

Se tiver dúvidas entre em contato com a Vértice, referência regional em clínica de medicina do trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *