Especial Novembro Azul

vertice-medicina-do-trabalho-saude-do-trabalho-ppra-pcmso

Todos os anos, no mês de novembro, são realizadas ações de conscientização sobre a importância da prevenção do câncer de próstata em todo o Brasil – e toda essa preocupação com a doença tem uma justificativa: quase 70 mil brasileiros são diagnosticados com câncer de próstata todos os anos, causando a morte de cerca de 15 mil homens.

CONHECER PARA PREVENIR!

O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum em homens – ele só fica atrás para os de pele. A maioria desses tumores malignos cresce de forma gradual – podendo levar mais de 10 anos para chegar a 1 cm³, não representando um risco à saúde. O problema é que em alguns casos esses tumores podem crescer rapidamente e se espalhar para outros órgãos, ocorrendo a metástase e dificultando as chances de cura.

Um fator que merece atenção é que este pode ser um câncer silencioso, que não apresenta sinais e sintomas relevantes nos estágios iniciais da doença. Por isso as ações de prevenção são tão importantes, pois assim como acontece com quase todos os tipos de câncer, o de próstata também precisa ser diagnosticado o mais rápido possível, já que quanto mais cedo iniciar o tratamento, maior a taxa de cura e menores serão os efeitos colaterais.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO

Já sabemos da gravidade deste tipo de câncer, sabemos que o diagnóstico precoce é determinante para a cura da doença, e mesmo assim, ainda há uma grande resistência por parte dos homens em procurar um médico para fazer os testes necessários.

Em um estudo publicado na revista Saúde, chamado “um novo olhar para a saúde do homem”, revela a resistência dos homens em procurar o médico para um exame preventivo – e por isso a taxa de adesão ao exame do toque é muito baixa – mesmo sendo este um procedimento extremamente necessário para o diagnóstico da doença, pois o médico poder avaliar se há presença de nódulos (caroços) que podem ser indicadores da doença – É importante lembrar que este é um procedimento rápido e muito mais simples do que imaginam muitos homens.

veja o porquê da realização do exame de toque

Além deste procedimento, também é feito um exame de sangue para avaliar a dosagem de PSA. E caso seja necessário, o médico poderá ainda solicitar biópsia (que é a análise de um pequeno tecido retirado da região), ou exames de imagens, como ressonância e tomografia.

saiba mais sobre a importância da prevenção do câncer de próstata

TRATAMENTO: O tipo de tratamento para combater o câncer de próstata irá depender de vários fatores, mas o principal deles é o estágio da doença no momento do diagnóstico, podendo ser utilizadas cirurgias, radioterapia e até terapia hormonal.


Compartilhe este artigo com seus amigos, familiares e colegas de trabalho, converse a respeito deste assunto tão importante e ajude neste trabalho de conscientização contra o câncer de próstata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *