NR 17: por dentro da ergonomia

NR17_ por dentro da ergonomia (1)

Já trouxemos aqui vários artigos falando sobre a importância da ergonomia no ambiente de trabalho. E hoje vamos falar sobre a Norma Regulamentadora que versa sobre esse assunto, a NR17.
(veja abaixo os assuntos e o link para baixar a norma completa)

O QUE É A NR17?

A NR17 estabelece todos os parâmetros necessários para que a empresa adote as medidas que garantam o máximo de conforto, segurança e desempenho das equipes no ambiente de trabalho.

Aliás, além da adaptação no ambiente de trabalho, a NR17 trata também das condições às quais o trabalho é realizado, como levantamento, transporte e descarga de materiais, além da própria organização dos processos – tudo para garantir mais eficiência e produtividade, garantindo a saúde física e psicológica dos funcionários.

QUAIS OS ITENS INCLUÍDOS NA NR?

1 – Levantamento, transporte e descarga individual de materiais: no item 17.2 da norma, constam as determinações de como devem ser feitos esses processos, tendo como princípio básico o fato de que o esforço físico do trabalhador no levantamento, na descarga ou no transporte de materiais deve ser compatível com sua capacidade de força e não comprometer a saúde ou a segurança.

2 – Mobiliário dos postos de trabalho: a norma traz, no item 17,3, os requisitos mínimos para a adaptação das mobílias. Por exemplo: Sempre que o trabalho puder ser executado na posição sentada, o posto deve ser planejado ou adaptado para esta posição. E para trabalho manual sentado ou que tenha de ser feito em pé, as bancadas, mesas, escrivaninhas e os painéis devem proporcionar ao trabalhador condições de boa postura, visualização e operação, e devem atender aos critérios de metragens estabelecidos na NR.

3 – Equipamentos dos postos de trabalho: No item 17.4 da norma estão requisitos importantes que passam despercebidos, principalmente para quem trabalha em computadores: como a distância da tela em relação aos olhos, o formato do teclado dos computadores, etc.

4 – Condições ambientais de trabalho: este item é complexo de ser observado – ou melhor, impossível de ser medido sem os equipamentos corretos, pois ele trata das condições de ruído e luminosidade dos locais de trabalho, inclusive citando as legislações do INMETRO que estabelecem as condições mínimas e máximas relacionadas. E apesar de não parecer ser tão importante assim, o excesso ou a falta de iluminação, bem como os ruídos constantes, afetam diretamente não só a saúde da equipe como a produtividade do setor.

NOTA: Além dos itens acima que valem pra toda e qualquer empresa, a norma traz anexos específicos para as funções de atendente de telemarketing e operadores de check-out.

PARTICULARIDADES DA NR

A NR17 possui algumas particularidades que precisam ser conhecidas e adotadas pelas empresas. Vamos citar algumas delas:

> Quando mulheres e trabalhadores jovens forem designados para o transporte manual de cargas, o peso máximo destas cargas deverá ser nitidamente inferior àquele admitido para os homens, para não comprometer a sua saúde ou a sua segurança.

> Nas atividades que exijam sobrecarga muscular, e a partir da análise ergonômica do trabalho, devem ser incluídas pausas para descanso – e quando do retorno do trabalho, após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 (quinze) dias, a exigência de produção deverá permitir um retorno gradativo aos níveis de produção vigentes na época anterior ao afastamento.

COMO ADAPTAR MINHA EMPRESA À NR17?

Como você percebeu a norma é complexa – mas extremamente necessária. Você pode nos contatar para realizarmos na sua empresa uma Análise Ergonômica – depois apresentaremos a você um relatório minucioso sobre o ambiente, os processos e os pontos que precisam das adaptações necessárias para que sua empresa esteja ergonomicamente adaptada.

BENEFÍCIOS DE QUEM SE ADAPTA À NR17

Empresas que investem em ergonomia têm ganhos em vários aspectos, inclusive na questão da produtividade. Confira algumas melhorias percebidas ao se adequar à NR17

> Redução das doenças ocasionadas pelo trabalho e, consequentemente, redução do absenteísmo

> Maior motivação das equipes

> Comprovadamente maior ganho de produtividade

> Maior qualidade técnica das ações realizadas

Ou seja, além de garantir maior conforto e qualidade de vida ao trabalhador, a ergonomia atua para dar mais eficiência e para prevenir doenças relacionadas à função realizada.


SAIBA MAIS: para saber mais sobre a NR17 e fazer um orçamento para análise ergonômica, entre em contato conosco. CLIQUE AQUI para ver a norma completa.


Confira abaixo assuntos relacionados

nr17-telemarketing-vertice-medicina-do-trabalho-marilia
dicas-ergonomia-escritório-vertice-medicina-do-trabalho-marilia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *