Hoje é dia de falar de prevenção

dia-da-saude-da-mulher-vertice-medicina-do-trabalho (1)

28 de Maio é o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher. E como todos nós sabemos, há doenças que atingem exclusivamente as mulheres e que podem ser evitadas (ou curadas mais facilmente) se o diagnóstico for feito rapidamente.

Pra se ter uma ideia da importância da prevenção, se um câncer de mama for diagnosticado precocemente as chances de cura são de mais de 90%. Essa taxa de sucesso vai caindo conforme a demora em se descobrir a doença.

O problema é que mais da metade das brasileiras não fazem os exames preventivos de rotina. É o que revelou uma pesquisa realizada no ano passado pela SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica). O estudo mostrou que 52% das mulheres do país não realizam o exame Papanicolau, por exemplo.

Por isso, separamos pra você os principais procedimentos necessários à saúde mulher para que você ajude na conscientização desse tema com seus colegas de trabalho, amigos e familiares.

PAPANICOLAU

Detecta doenças, como o câncer de colo e de útero, e infecções por fungos, herpes e verrugas. O primeiro exame deve ser feito um ano após a primeira relação sexual ou após os 18 anos de idade. Depois disso, deve ser refeito anualmente ou conforme a orientação do seu médico.

MAMOGRAFIA

Avaliação das mamas por meio de raios-x para detectar o câncer de mamã precocemente. A idade para iniciar as mamografias periódicas depende de vários fatores, como os antecedentes familiares. Em geral, a partir dos 40 anos de idade – mas o seu médico é quem definirá isso conforme o seu perfil.

ULTRASSOM TRANSVAGINAL

Exame feito para avaliar a presença de cistos, endrometiose e outros problemas relacionados. Deve ser refeito anualmente, a partir dos 30 anos de idade, ou conforme a orientação do seu médico.

DESITOMETRIA ÓSSEA

Este exame é feito para detectar a osteoporose. Deve ser feito a partir dos 50 anos de idade.

CONSULTA GINECOLÓGICA

Deve ser feita regularmente logo após a primeira menstruação. Essas consultas são fundamentais para acompanhar e avaliar as condições peculiares de saúde da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *