eSocial: dicas estratégicas para sua empresa

esocial-marilia-vertice-medicina-do-trabalho-esocial

Muitas empresas ainda estão com dúvidas ou passando por dificuldades para se adaptarem ao eSocial. Por isso, preparamos pra você neste artigo algumas das informações que você deve levar em conta para estar em dia com o programa.

Controle de exames médicos

Algumas empresas ainda permitem que funcionários trabalhem sem que ainda tenham feitos os exames admissionais. Se essa prática já era errada, agora com o eSocial deve ser totalmente abolida, uma vez que para cadastrar uma nova admissão no eSocial já é preciso constar as informações indicadas no ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) – incluindo, neste caso, os dadores referentes aos exames de admissão.

clique aqui para saber mais sobre os prazos dos exames

Programas e Laudos Atualizados

As informações que deverão ser informados no eSocial serão retiradas de laudos técnicos, como os de Insalubridade e Periculosidade. Assim, esses laudos devem estar sempre atualizados.

Diferenciar as Legislações Trabalhista e Previdenciária

Outro ponto importante quanto ao eSocial é que os benefícios de Insalubridade (NR-15), Periculosidade (NR-16) e Aposentadoria Especial devem ser corretamente informados no programa.

clique aqui para saber mais sobre insalubridade e periculosidade

Equipamentos de Segurança

Como você sabe, toda empresa deve ter um rígido controle sobre os equipamentos de segurança individual e coletivo (EPI e EPC).

Esse controle envolve não apenas a disponibilização desses equipamentos, mas também os cuidados com os registros de aprovação, os treinamentos para uso correto dos equipamentos.

Sobre esses treinamentos, aliás, devem ser cadastrados no eSocial pelo Evento S-2200 relacionado ao cadastro do trabalhador. Neste campo devem conter dados como o nome e descrição do treinamento, nome da empresa ou profissional que ministrou o treinamento, período e carga horária. Lembre-se ainda de arquivar as listas de presença assinada de participação no treinamento.

Atenção ao PPRA e PCMSO

Assim como já tratamos aqui em outros artigos, é muito importante lembrar que as empresas que contratam funcionários por meio da CLT devem ter dois programas básicos em se tratando de segurança e saúde do trabalho: o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e o PCMSO.

CLIQUE aqui para saber mais sobre o PPRA

CLIQUE aqui para saber mais sobre o PCMSO

Sobre as documentações e Registros

Esta é uma pergunta comum que chega até nós: por quanto tempo uma empresa deve guardar os programas, laudos e exames médicos. A resposta é: por pelo menos 20 anos. Mas fale com sua empresa de gestão em saúde ocupacional para saber detalhes porque outros exames precisam ser guardados por mais tempo.

Setores integrados!

Você já deve ter percebido que praticamente todos os setores da empresa deverão prestar informações via eSocial. E coordenar as ações de diferentes departamentos, como contabilidade, saúde do trabalho, recursos humanos e produção, exige muito planejamento e ações coordenadas para que as informações do eSocial estejam integradas e enviadas da maneira correta.

Sistemas de Gestão

Se a sua empresa tem mais que dez funcionários ela deverá ter um sistema de gestão para gerenciar todos os processos referentes à saúde e segurança do trabalhador – ou, o mais indicado, contar com uma empresa de gestão e saúde ocupacional que esteja plenamente integrada ao eSocial para gerenciar todo esse processo.


SAIBA MAIS

A VÉRTICE está totalmente integrada ao eSocial e pronta para ajudar você neste processo. Entre em contato hoje mesmo para tirar suas dúvidas e fazer um orçamento conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *