Os perigos da pressão alta

os-perigos-da-hipertensão-vertice-medicina-do-trabalho-marilia-segurança-saúde-trabalho

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a hipertensão está em um verdadeiro estado de descontrole no Brasil. As porcentagens de pessoas que sofrem com essa doença são surpreendentes.

E como ela é responsável por 60% dos infartos e 80% dos AVCs, neste artigo falaremos um pouco sobre os sintomas, o que gera afastamentos no trabalho e as formas de prevenção! Vamos conferir?

Afinal, o que é hipertensão?

No bom português, a hipertensão é conhecida como “pressão alta”. Trata-se de uma doença muito mais complexa do que se imagina. Isso porque ela pode desencadear graves problemas à saúde, como:

  •        Acidente Vascular Cerebral (AVC);
  •        Demência Senil;
  •        Hipertrofia e Insuficiência Cardíaca;
  •        Insuficiência renal.

Basicamente, a hipertensão acontece quando os vasos sanguíneos se tornam mais estreitos – fazendo o coração bombear o sangue com mais força. Quando essa força é muito grande, acontece a chamada “pressão alta”.

Causas da hipertensão

Na maioria das vezes é impossível saber as causas da hipertensão. Ela pode ser desencadeada por problemas hormonais, relacionados ao fígado ou genéticos. De qualquer forma, é importante ficar claro que nossos hábitos interferem diretamente e podem desencadear ou piorar o quadro de hipertensão.

Os hábitos mais perigosos são:

  • Obesidade e sedentarismo
  • Estresse
  • Tabagismo
  • Álcool em excesso
  • Muito sódio (sal) na dieta

Como funciona a aferição da pressão?

Você já deve ter ouvido falar que uma “boa pressão” é quando está em torno de 120×80 (popularmente se diz 12 por 8). Mas o que significam esses números?

A pressão arterial é registrada como pressão sistólica/diastólica. O valor mais alto é a maior pressão nas artérias – quando o coração se contrai – e é a chamada pressão sistólica.

Já o valor mais baixo é a menor pressão nas artérias, registrada antes de o coração começar a se contrair novamente – e é a chamada a pressão diastólica.

Uma pressão 140/90 é considerada alta para adultos – mas apenas o seu médico irá diagnosticar se você é ou não hipertenso.

Sintomas da hipertensão!

Essa é uma informação importantíssima. A hipertensão é uma doença silenciosa – já que os sintomas, na maioria das vezes, aparecem aos poucos e podem não são serem percebidos. Ou seja, muitas pessoas sofrem de hipertensão sem saber

Por isso você deve consultar um médico regularmente para que ele faça a aferição da pressão.

Como evitar a hipertensão?

A primeira coisa a fazer é consultar o seu médico regularmente para que ele faça a aferição regular da sua pressão arterial. E se os hábitos do dia a dia podem causar ou agravar o estado da doença, bons hábitos também podem ajudar a evitar e a controlar a pressão arterial. Confira alguns deles e assista ao breve vídeo abaixo. 

  • Praticar exercícios físicos
  • Evitar alimentos gordurosos e controlar a ingestão de sal (lembrando que não basta regular o sal que você coloca na comida, é preciso ficar longe de embutidos e outros alimentos que são naturalmente ricos em sódio)
  • Não consumir bebidas alcoólicas em excesso
  • Ficar longe ou abandonar o cigarro caso você fume
  • Controlar o estresse

A hipertensão pode gerar afastamento do trabalho?

Em relação ao afastamento no trabalho, quem sofre com a hipertensão só poderá requerer o auxílio doença caso passe por algum tratamento específico. Contudo, é importante lembrar que esse tratamento só poderá afastar o trabalhador se o perito do INSS entender que ele não poderá continuar com as suas atividades laborais.  

Sendo assim, o trabalhador será afastado somente se as complicações resultarem em soluções que necessitem de procedimentos cirúrgicos ou se forem de alta complexidade, como o AVC, por exemplo, que é  uma das principais causas.

 

 

E aí? O que você achou deste artigo? Compartilhe com seus amigos e equipe de trabalho e se tiver dúvidas fale com agente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *